VAI VIAJAR? ATENÇÃO À SEGURANÇA DA SUA UNIDADE

Nesse período de festas e férias escolares é comum as famílias aproveitarem para viajar deixando suas unidades e casas sozinhas por alguns dias ou até por semanas. E, de tão comum, é crescente o número de furtos, afinal, os bandidos também sabem que muitas casas e apartamentos estão vazios nesse período.

Sendo assim, alguns cuidados são essências:

1 Semana antes:

– Esteja atento para não comentar em locais públicos sobre a viagem;

– Nas redes sociais, tome cuidado para não fazer menção ao período de férias e destino no modo público;

– Se mora em condomínios, avise ao síndico que estará viajando. Se em imóveis de rua, avise para um vizinho, família e amigo de confiança, pedindo que atento a movimentos estranhos. Se a viagem for por período longo, vale pedir que periodicamente recolha as correspondências e mantenha a casa com aparência de cuidada, mantendo o jardim limpo por exemplo.

– Suspenda a entrega de serviços como jornais, revistas, padaria, pet shop, etc.;

– Planeje para consumir os alimentos perecíveis da geladeira antes da viagem, dessa forma, caso haja falta de energia reduzirá os riscos de estragos e de espalhar odor pela casa;

– Deixe um número de telefone com o síndico ou para o vizinho que avisou sobre sua saída. Essa prática é recomendada para situações de emergência.

Antes de sair

– Feche o registro de água e gás;

– Tire da tomada os aparelhos elétricos, exceto geladeira;

– Recolha e jogue fora todo o lixo;

– Desligue a campainha, se tocarem não terá certeza sobre o funcionamento da campainha ou ausência de pessoas;

– Desconecte o aparelho de telefone para evitar que a campainha fique tocando persistentemente sem atendimento ou, caso queira, use o sistema de Siga-me disponibilizado por algumas operadoras;

– Feche todas as cortinas e persianas;

– Tranque as portas e janelas e confira todas antes de sair;

– Desligue todas as luzes, a permanência de luz acessa por longo período indica que o imóvel está vazio, se necessário instale temporizador que fará com que acendam e apagam por período determinado.  Em área externa, vale a adoção de sensor de presença;

– Não deixe cadeado para o lado de fora, essa é uma evidência de que não há ninguém em casa;

– Jamais deixe a chave em um esconderijo. Se necessário, deixe com uma pessoa de sua extrema confiança.

Esses cuidados são essenciais para reduzir os indícios de que o imóvel está vazio.

Vale lembrar que, em condomínios, a tática para furto mudou. Atualmente, os meliantes usam estratégia para despistar a portaria, acessam o condomínio, e vão à unidade desejada ou tocam a campainha, se escondem, identificam qual imóvel está vazio, arrombam e furtam e, na maioria dos casos, o crime só é identificado horas depois.

Em imóveis de rua é recomendável a adoção de alarme e monitoramento. Algumas empresas prestam esse tipo de serviço por períodos curtos.

Commentários (0)
Postar um comentário

Commentários (0)
Postar um comentário