Terceirização em Condomínios

Terceirização em condomínios: tudo o que você precisa saber

Uma prática cada vez mais comum no Brasil é a terceirização em condomínios. Isso se deve a uma série de motivos. Entre eles estão a Lei 13.429 que, junto à Reforma Trabalhista, trouxe diversas mudanças em relação à contratação de mão de obra terceirizada. Além disso, a estratégia traz uma série de vantagens para a gestão condominial e moradores.

Se você chegou até aqui, provavelmente seja porque busca mais informações sobre esse tipo de contrato, que ocorre entre condomínios e empresas especializadas. Acertamos? Então acaba de chegar ao lugar certo. Confira nosso post e saiba tudo a respeito da terceirização!

Onde a terceirização está presente nos condomínios?

Antes da chamada Lei da Terceirização entrar em vigor, não era permitido a contratação de trabalhadores terceirizados para as atividades-fim de uma empresa. No caso dos condomínios, podemos citar como exemplos os serviços de zeladoria e administração interna.

Hoje a gestão condominial tem a liberdade de contratar mão de obra para qualquer uma das atividades a serem realizadas. Entre as soluções de terceirização em condomínios mais utilizadas estão as de limpeza, segurança, manutenção predial, jardinagem, controle de pragas e suporte administrativo.

Quais as vantagens da estratégia?

Como dissemos no início do post, realizar a terceirização em condomínios pode trazer diversos benefícios a todos os envolvidos. Veja alguns deles a seguir:

Foco no escopo principal

A gestão condominial é tão complexa quanto a de uma empresa. O síndico, representante dos condôminos, possui uma série de responsabilidades que, se não forem cumpridas, podem trazer desde e insatisfação de condôminos até sanções legais.

Ao contar com a terceirização em condomínios, o gestor transfere a tarefa de selecionar, treinar e gerenciar a mão de obra para a empresa contratada. Isso possibilita o foco em processos essenciais, como o funcionamento da estrutura, a comunicação com moradores, a mediação de conflitos, a realização e fiscalização de procedimentos burocráticos e administrativos.

Profissionais qualificados

Outra vantagem da terceirização em condomínios é a certeza da capacitação dos profissionais que executam as atividades. Isso porque as prestadores de serviços são responsáveis pela educação continuada de seus funcionários, de modo a terem alta performance na execução das tarefas.

Outro aspecto importante a frisar é que, nesse modelo de contratação, as empresas realizam a rápida substituição de funcionários nos casos de faltas ou ausências. Isso significa que o bom andamento do condomínio não é prejudicado.

Redução de custos

Um dos principais objetivos da gestão condominial é reduzir custos. Com a terceirização de serviços isso se torna possível, já que se minimiza a folha de pagamento, ao mesmo tempo em que os custos não oscilam e os recursos são utilizados sem desperdícios.

Quais os principais cuidados que os síndicos devem ter quando se trata de terceirização em condomínios?

Apesar de a terceirização em condomínios possibilitar aos síndicos focarem em seu escopo principal de trabalho, é necessário ter alguns cuidados essenciais antes da contratação de uma empresa especializada.

Entre eles estão verificar a idoneidade da prestadora por meio de documentações como alvarás de funcionamento,  analisar sua experiência no segmento, pedir referências a conhecidos, observar o capital social e fiscalizar o pagamento de salários de encargos.

Isso porque, em caso de falta de pagamento, falência da contratada e outros problemas, como acidentes de trabalho, o condomínio pode ter que responder por pagamentos e prejuízos.

Esperamos que o nosso artigo sobre terceirização em condomínios torne as contratações mais assertivas em seu empreendimento. Quer saber mais sobre esse e outros assuntos do universo condominial? Então continue acompanhando o blog da Manager!

Commentários (0)
Postar um comentário

Commentários (0)
Postar um comentário