Ações simples podem garantir economia de energia

Não há dúvidas, a sustentabilidade é um dos conceitos mais valorizados atualmente. Cada vez mais a sociedade está preocupada em preservar o meio ambiente, minimizar o uso dos recursos naturais e realizar economia de energia. Certamente, além da preservação ambiental, o objetivo é minimizar custos.

De acordo com o Anuário Estatístico de Energia Elétrica, promovido pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética) em 2018, cerca de 63% da energia gerada no país ainda provém das hidroelétricas.

Apesar disso, estão sendo criadas ações para mudar essa realidade. Isso porque, em torno de 7,2% da geração de energia já acontece por meio da Eólica, apresentando um crescimento de um pouco mais de 1,0% se comparado com o resultado do ano anterior (5,8%).

Nesse cenário, os condomínios estão cada vez mais envolvidos nas causas ambientais e, aproveitando os benefícios de diminuir a cota condominial, têm gerado diversas ações sustentáveis, inclusive no que diz respeito à economia de energia.

Como economizar energia em condomínio?

É comum que em locais com grande movimentação de pessoas haja uma crescente utilização de energia elétrica e água. Porém, com o uso da tecnologia e as novas medidas para construção do condomínios, esse tipo de situação está cada vez menos frequente.

O primeiro passo para realizar a economia de energia é se atentando ao processo de construção do espaço ou investindo em pequenas reformas.

Nesse sentido, é válido a utilização de tetos solares, seja por meio de espaços formados de vidros ou telhas transparentes em locais comuns, garantindo melhor aproveitamento da luz do sol.

Além disso, por que não investir em janelas maiores nos apartamentos? Esse tipo de ação contribui para espaços internos mais iluminados e, consequentemente, menos desperdício de energia elétrica.

Outra maneira muito eficaz de economizar energia diz respeito à utilização da luz solar como gerador de energia. Isso pode ser feito por meio da instalação de painéis fotovoltaicos, que coletam a luz solar e a transforma em fonte de energia.

Os painéis solares podem alimentar aquecedores, ar condicionados e outros equipamentos do condomínio, reduzindo a utilização de eletricidade e custos financeiros.

Por fim, uma forma de economia de energia já muito disseminada em apartamento consiste na adaptação do sistema elétrico.

Desse modo, é essencial trocar as lâmpadas comuns por LEDS e utilizar sensores de presença, que apenas acionam o interruptor da luz quando um condômino entra no corredor, hall ou outros espaços comuns.

Dicas para os condôminos

As ações relacionadas à estrutura do condomínio são essenciais. Entretanto, sozinhas não são capazes de gerar tantos resultados no processo de economia de energia.

Por isso, é de suma importância que todos os moradores atuem em prol do mesmo objetivo. Isso significa que cada ação realizada dentro da unidade importa. Entre elas estão:

  • Desligar luzes de cômodos que não estão sendo utilizados;
  • Desligar luzes durante o dia;
  • Tirar os equipamentos eletrônicos da tomada quando não utilizados;
  • Levar e passar um montante de roupas de uma vez, ao invés de um pouco por dia;
  • Cuidado com equipamentos mais antigos, pois necessitam de um volume maior de energia para funcionarem.

Ações que o síndico pode promover para a economia de energia

Economizar energia não trata-se apenas uma ação isolada, e sim de uma mudança de hábitos. Nesse sentido, o papel do síndico é fundamental para sustentar esse estilo de vida e tornar o condomínio cada vez mais sustentável.

Um passo essencial que pode fazer toda a diferença é a distribuição de informativos e avisos nos espaços comuns do condomínio, tanto em relação a economia de energia quanto informações adicionais relacionadas ao meio ambiente.

Além disso, durante as assembleias, o síndico pode apresentar os resultados da economia por parte dos condôminos e de mudanças na estrutura, principalmente no que diz respeito ao valor para manutenção energética do espaço.

Essa é uma forma de conscientizar os moradores demonstrando os benefícios financeiros e a utilização dos recursos.

Nosso artigo sobre economia de energia foi útil para você? Quer acompanhar outros assuntos relacionados? Acompanhe abaixo a matéria sobre contas de luz alta!

As contas de luz estão assustando os consumidores, isso também acontece nos condomínios. Na matéria publicada no jornal O Estado de São Paulo com participação do diretor executivo da Manager, Marcelo Mahtuk, há algumas dicas para economizar energia:

http://economia.estadao.com.br/blogs/radar-imobiliario/acoes-simples-podem-garantir-economia-de-energia/

*Esse texto foi postado originalmente em 23 de abril de 2015, atualizado em 09 de agosto 2019.

 

Commentários (0)
Postar um comentário

Commentários (0)
Postar um comentário