atribuições da administradora

10 Principais Atribuições da Administradora de Condomínios

A gestão condominial pode ser comparada a de uma empresa, tamanho o número de atividades e processos a serem executados para o pleno funcionamento dos empreendimentos. Por essas e outras razões é cada vez mais comum que o síndico tenha o apoio de empresas especializadas em administração. Porém, é frequente as dúvidas sobre as verdadeiras atribuições da administradora de condomínios.

Esse é o seu caso? Então acaba de chegar ao lugar certo! Vamos mostrar quais são as funções das administradoras e como fazer a melhor contração para seu condomínio. Acompanhe!

 

O que é uma administradora de condomínios?

A administração visa planejar, organizar, dirigir e controlar o uso dos recursos de uma organização. Quando falamos sobre a administração de condomínios o objetivo é o mesmo e o principal foco é fornecer aos condôminos o bem-estar em seu lar.

A administradora de condomínio é formada por profissionais especializados na área jurídica, administrativa, financeira, entre outros, que resolvem as tarefas burocráticas de forma mais simples.

Não existe uma lei que regulamenta o serviço das administradoras de condomínio, mas ela pode ser regulamentada através do Artigo 653 do Código Civil:

Opera-se o mandato quando alguém recebe de outrem poderes para, em seu nome, praticar atos ou administrar interesses. A procuração é o instrumento do mandato.”

O mandato refere-se ao contrato estabelecido pela administradora e seu contratante.

 

O que faz uma empresa administradora de condomínios?

A administradora de condomínios é responsável por auxiliar o síndico na gestão condominial. Apesar disso, ela não substitui o trabalho do gestor, apenas presta o suporte necessário para que as atividades sejam feitas de forma eficiente.

Inclusive, a administradora precisa promover um ambiente agradável aos condôminos, através do cuidado com as áreas comuns, organização do condomínio e mediação de conflitos.

A administradora deve oferecer ao síndico todo o apoio necessário em funções técnicas, legais, tributárias e administrativas.

 

Quais as atribuições da administradora de condomínios?

Antes de contratar uma empresa, é importante saber exatamente quais são as atribuições da administradora de condomínios. Veja agora quais são as 10 principais responsabilidades:

 

1 – Gestão das áreas administrativa, de recursos humanos, financeira e jurídica do condomínio;

2 – Oferecer suporte/informações técnicas para tomada de decisões de síndicos, conselho consultivo e condôminos;

3 – Gerenciamento de arquivos do condomínio e de documentos obrigatórios;

4 – Gestão dos equipamentos de segurança;

5 – Administração das áreas comuns, controle e cobrança dos aluguéis;

6 – Gerenciamento dos serviços e contratos dos fornecedores de conservação e manutenção;

7 – Gestão do consumo de água, luz e etc.;

8 – Assessoria nas áreas de engenharia, arquitetura, paisagismo e decoração;

9 – Diligências junto às concessionárias públicas;

10 – Suporte para realização das assembleias.

Para que a gestão seja eficiente é importante lembrar que para cada item acima citado há uma lista enorme de atividades que precisam ser bem executadas para garantir o bom funcionamento do condomínio.

 

Por que é importante contratar uma empresa administradora?

De acordo com uma pesquisa realizada durante a pandemia pelo SíndicoNet, que ouviu mais de 2 mil síndicos em relação aos seus condomínios, 72,53% citaram que os serviços de limpeza devem permanecer mais intensos.

Ainda na mesma pesquisa, 59,33% apontaram o barulho como maior reclamação entre os moradores.

Como vimos, esse é só um dos problemas comuns nos condomínios, há alguns outros e, devido a experiência, a administradora de condomínio tem maior facilidade para dar suporte e resolvê-los e até evita o surgimento de novos problemas.

Além disso, não é necessário se preocupar com a parte administrativa, planejamento financeiro, folha de pagamento e contabilidade.

Porém, é importante frisar que, para que os serviços sejam realmente eficientes, é preciso contratar administradoras éticas, experientes e confiáveis.

 

Como fazer uma boa contratação?

Como dissemos, para que as atribuições da administradora de condomínios sejam executadas a contento, é essencial tomar alguns cuidados antes da contratação.

Afinal, essas empresas são responsáveis por movimentar grandes quantias em dinheiro todos os meses, relacionadas às cotas pagas por cada condômino.

Desse modo, falta de ética e credibilidade podem fazer com que, ao invés de contar com suporte, o empreendimento tenha sérios prejuízos.

Confira a seguir alguns fatores a serem analisados:

  • considere o tempo de atuação e a experiência no mercado;
  • verifique se a empresa está em dia com documentações, se possui certificações e tudo mais que demonstre sua idoneidade;
  • visite a sede;
  • peça referências a conhecidos, analise a reputação da empresa nos canais de relacionamento e em sites de reclamação;
  • conheça as tecnologias utilizadas;
  • solicite o modelo de pasta de prestação de contas;
  • conheça todo o suporte oferecido;
  • desconfie de preços muito baixos, incompatíveis com a realidade do mercado;
  • Observe se a administradora está vinculada às entidades dos setores;
  • Certifique-se se a administradora tem a certificação PROAD, que qualifica as empresas que atentem aos requisitos necessários para uma boa prestação de serviços para o condomínio.
  • Verifique se a administradora de condomínios é auditada regularmente.

Como vimos, os fatores citados acima são muito relevantes para uma boa contratação pois ressaltam a qualidade e transparência da empresa e são cumpridos pelas melhores administradoras de condomínios do Brasil.

 

Entre as melhores empresas para condomínios, está a Manager Gestão Condominial que atua a mais de 30 anos no mercado e é reconhecida, inclusive pelos concorrentes, por sua capacidade de inovação.

A Manager adota a tecnologia como alia para prestar o melhor serviços para condomínios e prover comodidades aos condôminos.

Nesse sentido, foi pioneira na digitalização de documentos, no desenvolvimento de aplicativos e também nas Assembleias de Condomínios Digitais – a primeira foi realizada em 2011 para o maior condomínio-clube de São Paulo a época, o Villagio Panamby.

Acesse o nosso site e conheça os diferenciais exclusivos da Manager para administração de condomínios comerciais e residenciais, empreendimentos multifamilys, multipropriedades, flats e hotéis, entre outros.

 

Publicado em 22 de março de 2016.

Atualizado em 16 de setembro de 2021.

Commentários (0)
Postar um comentário
Commentários (0)
Postar um comentário